quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Vender ou arrendar?

A sua casa já se encontra á venda há bastante tempo? Já não sabe o que fazer? Já pensou no arrendamento mas tem medo de como tudo se processa? E se os inquilinos falham?  São questões pertinentes e com grande peso na hora de decidir. Vamos agora abordar esse assunto de uma maneira simples e directa.
O receio neste ponto é legítimo, infelizmente não sabemos quem são os potenciais interessados, se são  pessoas sérias, se vão perturbar os restantes vizinhos, etc. Aqui vou dar pequenas dicas que feitas corretamente apesar de não ser infalível vão ajudar a salvaguardar a sua posição.
Por vezes á pessoas que acham que pedindo toda a documentação estão a ficar salvaguardados mas não  é bem assim. Imagine que a pessoa ganha 700€ e vai pagar uma renda de 200€ você  vai achar que a pessoa vai pagar sem problemas, errado. Por vezes quem tem mais dinheiro nao quer dizer que seja o mais cumpridor. Então  como pode fazer de uma outra maneira sem ser pedir documentos? Se a pessoa anda á procura de casa para arrendar possivelmente ja teve noutra casa mas por uma ou outra razão quer mudar. Então em vez de documentos peça uma carta de recomendação do anterior senhorio ou pode ser pedir um extrato bancario com outras informacoes devidamente apagadas mas que mostrebos pagamentos de rendas feitos no ultimo ano ao anterior senhorio.
Isso será mais certo do que pedidos de irs recibos e fiadores.
Nunca arrende sem contrato de arrendamento feito perante a lei e com todas as clausulas bem claras para ambas as partes. Hoje em dia nunca conseguirá nunca resolvercontratos por falta de pagamento se não existir contrato e pago nas finanças. Se pensar em fazer sem contrato de arrendamento anteveja problemas bem complicados.
O valor da renda será voce que vai definir mas tenha em atenção que quanto mais pedir mais difícil vai ser pagar e nos dias de hoje as situações de desemprego são uma realidade bem presente no nosso dia a dia. Alguma duvida antes de colocar para arrendamento existe várias entidades que o podem ajudar e pense bem antes de faze lo é uma decisão que deverá ser bem ponderada. Nao se esqueça que todas as despesas de finanças, obras da electricidade de saneamento e condomínio serão da sua responsabilidade.

A não Perder

loading...